quinta-feira, 23 de maio de 2013

Familiares de mãe e filha assassinadas a tiros em Moraes Almeida pedem justiça para o caso

Na tarde de quarta feira, 22, Familiares de Cyntia Maria Silva e Osmarina Alves Silva mãe e filha que foram assassinadas a tiros de cartucheira por um homem identificado por Adevir Regelin “Catarino do Arroz” esposo Cyntia, fizeram uma manifestação em frente à 19ª Seccional Urbana da Policia Civil e do 15º Batalhão da Policia Militar pedindo justiça.
As duas mulheres foram mortas dentro de casa por Catarino que usou uma espingarda Calibre 12 para matar as duas, logo após o crime ele fugiu do local, a Policia Militar já conseguiu apreender o veiculo de catarino que foi usado na fuga, mas ele continua foragido da Policia.
O crime aconteceu segunda feira por volta das 23 horas no Distrito de Moraes Almeida a 400 km de Itaituba no oeste do estado. Segundo informações o casal discutiu com antes de dormir e no calor da discussão Catarino de posse de uma espingarda efetuou um disparo no peito de Cyntia de 20 anos e seguida em Osmarina Alves de 43 anos, as duas morreram na hora.
O caso já foi comunicado na 19ª Seccional da Policia Civil, o acusado ainda não foi preso, mas segundo o Delegado José Dias a prisão do mesmo é uma questão de tempo, tende a Policia já saber sua identidade.

Entenda o caso:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!